sobre o esquecimento

trouxe comigo todos os rostos
que consegui avistar
andando em meus dias de tristeza

alguns se tornaram presentes
aquela sensação de já visto
amargos como um doce ao fim dos dentes

foram aos poucos se desfazendo
e nem sei dizer se os lembro
se o que trouxe eram mesmo rostos

mas ao dormir e ao acordar
ao sumir e ao caminhar
todos eles me fitam os olhos

e a fina linha do pensamento
da ausência e do sofrimento
transbordam suas expressões faciais

eles sorrirame eu sou rio
em que passa as àguas do medo
perdidas em qualquer cais

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s